logo-transparente.png
Fundo Blog_mascara.png

Como atividades extracurriculares podem mudar a sua carreira!

Atualizado: 23 de Out de 2020


Não achamos nenhum gif sobre atrasos no Enem, mas imaginem os portões fechando e a galera tentado passar por baixo nos últimos milésimos de segundo, igual essa corujinha


Achou que o vestibular seria a coisa mais difícil que você passaria na vida, bebê? Espera só pra ver como será a vida na universidade, ainda mais se você tá saindo de casa pra morar com amigos em uma república.


Spoiler: Cafezinho pronto quando acorda? As louças sujas que somem da pia num passe de mágica? Roupas aparecendo dobradas e passadas no seu armário sem esforço nenhum? Isso não te pertence mais! O buraco agora é mais embaixo! É cada um por si e Deus por Todos, parceiro! Mas de uma coisa você pode ter certeza:


Será O MELHOR PERÍODO DA SUA VIDA!!! (até então)

A faculdade é um local de aprendizado e crescimento absurdo, mas você precisa saber como aproveitar da melhor forma possível para evitar problemas lá na frente. Esse tempo passa rápido e não vai ser legal se arrepender de ter gasto 100% do tempo na universidade em balada, ou então enfurnado num quarto estudando para provas.


Pode confiar, já passamos por isso. A gente acha que sabe de tudo quando entra na universidade, né?! Só que não.


Precisamos de ajuda pra saber como balancear as coisas, e a galera à nossa volta sabe disso! Por isso somos bombardeados de informações, dicas e conselhos sobre a vida acadêmica. Todo mundo tenta nos ajudar de alguma forma.Os amigos próximos que já passaram por essa fase nos dão “as melhores dicas” para sobreviver a graduação, familiares tentam nos aconselhar para não fazermos nada de “errado” durante esse período e até mesmo professores tentam nos instruir no “caminho certo” para conseguir o canudo com as melhores notas possíveis.


Isso tudo é legal, mas tome cuidado! Muitas dicas são verdadeiros tabus, crenças que nos limitam e ao invés de ajudar, atrapalham o nosso aproveitamento na universidade.

Olha só esse exemplo, Você já ouviu frases como essas?


“Você precisa se formar o mais rápido possível! Quem demora muito tempo na universidade não quer nada da vida!”


“Quem se forma mais rápido é melhor aproveitado pelo mercado”


“Só os inteligentes se formam rápido….”


Você acredita nelas? Se sim, continue lendo esse texto! Já posso adiantar que tudo isso é papo furado!


Mesmo assim, de tanto ouvir essas frases, a gente acaba tomando como verdades absolutas! Quem nunca fez o máximo possível de matérias por semestre para adiantar a formatura, né? Ou até mesmo fazer disciplinas que não eram obrigatórias, mas só para somar horas complementares e se formar mais rápido. Isso por si só não é um problema né, mas o erro que geralmente cometemos nessas situações é bem simples: deixamos completamente de lado as atividades complementares! O importante acaba sendo cumprir a grade e chegar ao 100% de disciplinas realizadas o mais rápido possível.


Atire a primeira pedra quem já não pensou assim! Chato? Talvez... Nerd? Nem tanto... Tonto mesmo!


Mas, GRAÇAS A DEUS, você encontrou o Carreira sem Frescuras para mudar o rumo das coisas a tempo.


Uma vez que você começa a se envolver com projetos de extensão, iniciação científica, cursos de língua…. BOOM!! 💥💥💥💥 O verdadeiro sentido da graduação se fez claro diante dos seus olhos!


A universidade é muito mais do que a grade padrão de disciplinas do seu curso, ou aquele chopp gelado no churrasco da turma. É muito mais do que provas, notas ou aqueles livros gigantescos que você nunca mais abriu depois de cursar a disciplina (vamos fingir aqui que você abriu ao livro ao menos uma vez durante a disciplina. A gente não conta pra ninguém, pode ficar tranquilx!).

A universidade é um lugar para fazer conexões, se desenvolver não só tecnicamente mas também pessoalmente e as atividades extracurriculares têm um papel fundamental nisso.


As atividades extracurriculares servem para desenvolver habilidades fora do escopo do seu curso e agregam bastante ao currículo. O desafio é, na verdade, encontrar um espaço na agenda para fazê-las e saber qual das diversas opções melhor se encaixa para o seu objetivo profissional.


Não tenha pressa em se formar! Ao invés disso, tente aproveitar ao máximo a sua jornada dentro da universidade. Explore tudo que ela tem a oferecer, dentro das condições normais de temperatura e pressão, é claro. Não estamos dizendo para você se formar com 15 anos de curso haha Mas não se limite a estudar apenas para passar nas provas. A faculdade é a melhor (e talvez até a última em alguns casos; fica bem difícil arrumar tempo livre para desenvolver um hobby quando você vira “adulto de verdade”) oportunidade que você tem para desenvolver suas demais habilidades e encontrar suas paixões!



Para mais dicas de carreira como essa, continue nos acompanhando por aqui e em nossas mídias sociais.


Tamo junto!


Posts recentes

Ver tudo