logo-transparente.png
Fundo Blog_mascara.png

Como saber se você vai dar match com a empresa?

Vem cá, porque você se preocupa com o Match do Tinder, mas na hora de escolher um trabalho, aceita qualquer um? Cadê a coerência, bebê?


“Eu to facim facim, qualquer empresa que me chamar, eu to aceitando”

É, tá na hora de rever essas prioridades ai, heim.


Vamos fazer uma continha aqui rapidinho que pode mudar essa sua opinião.


Imagine só: Você acaba de ser contratado no emprego novo, carteira assinada e tudo, expediente padrão de 8h por dia, 5 dias por semana, 4 semanas no mês, com direito à 30 dias de férias no ano. Parece ótimo né? Mas olha só:


Um dia tem 24h. Tirando as 8h que são recomendadas para uma boa noite de sono, te restam somente 16h. Se você não mora perto do trabalho e gasta em média 1h para se arrumar e chegar a tempo de bater o ponto, aí já são 15h restantes. Se você mora na cidade grande e enfrenta aquele trânsito pesaaado ao sair do trabalho, 1h a menos no seu dia. Te restam somente 14h. Tirando então as 8h de trabalho diário, restaram apenas 6h. Mas as vezes precisamos fazer hora extra, né? Nem sempre acabamos tudo que precisamos dentro dessas benditas 8h. Vamos tirar mais uma horinha aí. Se não erramos na conta, te restaram apenas 5h, para dividir entre família, filhos, amigos, estudo……

Ainda não ta achando ruim? Então vamos transformar isso num panorama anual.


Temos 365 dias no ano, que totaliza 8.760 horas.

Considerando que o ano tem em média 251 dias úteis, temos um total de 4.769 horas gastas com trabalho, deslocamento e noites de sono.


Isso significa que você passa mais da metade do seu ano (Cerca de 54% do seu tempo) trabalhando e dormindo.


Agora parece muito né?

Então imagina se além disso, você trabalha em um lugar que não te faz feliz e que não tem NADA a ver com você?


Por isso é importante dar o Match com o trabalho. Se vamos passar grande parte da nossa vida trabalhando, que seja algo que gostemos de fazer, você não acha?


“AAAAAAAAAA!!!! NÃO TENHO TEMPO PRA FAZER NADA NA MINHA VIDA E NÃO SEI COMO ACHAR O TRABALHO QUE DÁ MATCH COMIGOOOOOOO….”

Vamos ajudar você a identificar o trabalho ideal.


Para começarmos, é importante entender que para cada função existe um perfil ideal. Não existe melhor ou pior, mas sim um perfil certo para cada tipo de atividade.


Elaboramos aqui uma lista com 4 categorias relacionando interesses e perfis de trabalho. Com esses exemplos fica mais fácil enxergar o que se encaixa melhor para a carreira que você deseja seguir.


Pessoas com interesse de fazer as coisas

Pessoas com esse perfil são as famosas “mão na massa”. Elas gostam de fazer o trabalho com as próprias mãos. Gostam de usar ferramentas e são totalmente ativas.

Para esse tipo de perfil, existe uma infinidade de possibilidades. Podemos considerar trabalhos em: Restaurantes, construção, linhas de montagem e etc.


Pessoas com interesse em trabalhar com a mente

Essas pessoas gostam de trabalhar analisando informações e resolvendo problemas. Trabalhos analíticos e gerenciais são perfeitos para esse tipo de perfil.


Pessoas com interesses relativos à criatividade

Esse é o tipo de perfil daquelas pessoas que sempre têm novas ideias e gostam de trabalhar com poucas regras, que não limitem sua criatividade.

Trabalhos como design gráfico, moda, entretenimento, arte, música são alguns dos exemplos que se encaixam com esse perfil.


Pessoas com interesse em ajudar os outros

Esses pessoas gostam de trabalhar em grupo. Gostam de atividades que fazem diferença na vida das pessoas. Trabalhos no campo da educação, como professores, ou na área médica, como médicos e enfermeiros, são trabalhos que fascinam pessoas com esse tipo de perfil.


Uma vez que você se encontre nesses perfis é hora de olhar para a empresa:


Autoconhecimento

Antes de sequer começar a estudar sobre uma empresa, você precisa primeiro entender quem você é. O que é importante para você? Quais os seus valores? Qual o teu propósito nesse momento da sua vida? Sem isso não tem como saber se a empresa vai ou não dar match 😘


Pesquise por notícias da empresa

O primeiro passo é talvez um dos mais importantes. Quais os tipos de notícia em que essa empresa se destaca? Escândalos? Ações beneficentes? Isso vai te dar uma ideia de qual fase e qual a vibe que a empresa está passando.


Dê uma olhada no institucional dela (Quem somos, nossa missão)

Não colocamos esse ponto em primeiro lugar porque toda empresa vai florear e perfumar seu Institucional. Por mais bonito que seja, tente ver um pouco por dentro dos floreios: qual a missão dessa empresa? O que eles pensam para o futuro? Como ela chegou até aqui? Isso vai dar uma noção de quem ela é :)


Fale com quem trabalha

Lógico, peque sempre informação de quem está la dentro. Quem melhor pra dizer como é a empresa X do que alguém que trabalha lá né? Pergunte quais os prós e contras, o que mais encanta essa pessoa na empresa, se ela se alinha com os planos futuros da empresa e afins. Quer saber como entrar em contato com essa galera? Vamos te ensinar em outro post.


Fale com quem já trabalhou

Esse aqui quase ninguém faz! Além de saber o porquê de alguém gostar da estar na empresa, é super importante saber porque alguém *saiu*. Assim você consegue balancear as opiniões positivas e negativas e ter uma imagem com menos ‘viés’.


Agora sim! Pare de jogar pra direita (só quem já usou o Tinder sabe essa; no meu caso eu perguntei a um amigo 😇) todas as empresas e foque em quem realmente se alinhe com os seus objetivos e propósito!



Posts recentes

Ver tudo