logo-transparente.png
Fundo Blog_mascara.png

Você sabe como fazer um pitch?


Memorize as 3 regras de ouro de qualquer pitch de sucesso!


gif

Antes de mais nada: Pra que serve?

Na sua empresa nem elevador tem?? Não sabe para que serve? Calma! O pitch é nada mais nada menos que… tcharan: uma estratégia de apresentação pessoal. Uma vez que você tenha um pitch certinho na sua cabeça, responder perguntas como “Me conte um pouco sobre você” nas entrevistas vai ser moleza! Spoiler: você também pode usar o pitch no ‘Resumo’ do seu currículo e no ‘Sobre’ do LinkedIn (vamos falar mais sobre isso em outros posts, relaxa)

Regra de Ouro #1: Seja estratégico

Conheça sua audiência! Mude um pouco o conteúdo do seu pitch conforme as necessidades de quem te escuta, mas, de forma geral, use sempre essa estrutura:

  • Quem você é: seu nome (óbvio), por onde você passou (bem resumido mesmo!) e habilidades em que focou (exemplo: “sempre foquei em melhorias de processo”)

  • Quais habilidades você desenvolveu: relacione sempre as habilidades em um contexto específico, mas sempre de olho na vaga que você está tentando. Se a vaga pede experiência em gerência de projetos, relate experiências de gestão de timelines, relacionamento com stakeholders e afins, por exemplo

  • Seus interesses: mais para dar um gostinho da sua personalidade, sempre bom deixar claro o que te interessa, para mostrar a quem te escuta um pouco da sua visão de carreira (exemplo: “tenho muito interesse na área de tecnologia e atendimento ao cliente e quero me especializar nelas”)

Regra de Ouro #2: Seja breve


gif

Eu sei que a tentação de decorrer sobre sua vida inteira, nos mínimos detalhes, é muito alta. Não faça isso! A ideia do pitch é manter a atenção da pessoa que está te escutando e, por conta disso, brevidade é essencial. Não repita o que está escrito no currículo ou LinkedIn: a ideia é dar um cheiro por onde você passou, o que te influenciou, e habilidades que você mais se destaca! Se você quiser escrever para praticar, tente colocar tudo em 150-200 palavras (claro, podem ter casos em que você pode expandir um pouco)

Regra de Ouro #3: Não se esqueça do CTA!

Termine sempre com um CTA (Call to Action). A ideia to pitch é despertar o interesse em te conhecer melhor como profissional, então use desse gatilho para já engatar uma segunda conversa! Algo como chamar para um café, deixar o email para sanar possíveis dúvidas (no caso do LinkedIn, por exemplo), são ótimos exemplos disso.


gif

Posts recentes

Ver tudo